Isso aqui não tá legal

A rua está um inferno: ninguém é mais ninguém de verdade. Aceitem ou não. A pureza está em falta. Os mestres da ilusão, assassinados! É sinal de esperteza, prêmios e pompas, a chacota sobre cadáveres tristes. Isso aqui não tá legal. As sombras agora só aparecem via estágio, tudo com base em quantias sangrentas e imorais.

Qualquer jardim vale cada vez menos. Aliás, tá tudo tão cinza e febril: roga-se pela extinção da aurora e das magnólias!

Moços abdicam dos chapéus de outrora, como espelhos de uma face cega: que pobre vida! As moças repetem mantras dos teóricos mais vagabundos. O fato está mesmo consumado: declínio é a palavra do alto salão.

A música nem toca com desejo, nem toca. As pálpebras agitadas embrulham cenas lamentáveis: esqueletos cobertos por uma névoa idiota, em perfeita harmonia com os tons da banalidade, agora querem impor sua dinastia, seu reinado.

Digo e repito: isso aqui não tá legal. Ninguém se lembra das baladas de Clooney, Haymes e Crosby.

O sexo, como era antes, não sobreviveu. Tomou vários tiros à queima roupa. Restou apenas o cinismo do gozo de mentira.

E o escárnio da morbidez? A capa do jornal trouxe a imagem: rosto tomado por um sangue tenaz, mas derradeiro. Paletó desabotoado com marcas extravagantes de uma mão histérica. Tudo duro de constatar. Sabe-se lá como esse negócio vai terminar. Nem quero mais saber.

Não serei o último, suponho, mas tenho traçado meus planos para a posteridade. É hora de agir. Ou melhor, estou à disposição das autoridades mórbidas desta época. Prendam-me! Permitam-me esse desfecho! Do calabouço, certamente, entoarei várias páginas do meu mundo que entrou em desuso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s